sexta-feira, 29 de agosto de 2014

O antes e depois da Morte

Interessante (e morbido) trabalho feito pela jornalista Beate Lakotta e o fotógrafo Walter Schels (casados) acompanharam doentes terminais em diversos hospitais de Hamburgo e Berlim, entre 2003 e 2004.
Eles entrevistaram  os pacientes para saber sua opinião sobre ter que enfrentar a morte. Em seguida, tirou fotos de quando eles estavam vivos e depois da sua morte.
Intitulada "Viver mais uma vez antes da morte", sua exposição foi um sucesso , atraindo e emocionando milhares de pessoas em Berna .
Peço desde ja desculpas por não conseguir maiores informações de todos 
Uma delas é a de Wolfgang Kotzahn, atingido por um fulminante câncer no pulmão e no último estágio da doença. "Hoje completo 57 anos. Nunca pensei que ficaria velho e que também poderia morrer tão cedo. Porém, a morte não conhece idade. Só me espanto de ter aceitado isso tão facilmente", revelou. A resignação fez com que Kotzahn abrisse seus olhos para os mais ínfimos detalhes da vida. "Nunca havia dado atenção às nuvens. Agora vejo tudo com muita atenção: cada nuvem na janela e cada flor nos vasos. De uma só vez, tudo ficou importante."
Wolfgang Kotzahn
Os locais de trabalho foram os chamados "Hospizen", instituições comuns em quase todos os países europeus e que, ao contrário dos hospitais, recebem apenas doentes terminais já desenganados pelos médicos. "Quem chega nelas tem a consciência de que o fim chegou", diz Lakotta.
Heiner Schmitz, 52 anos, era executivo de uma grande agência de propaganda em Hamburgo quando os médicos lhe revelaram que o câncer que devorava seu cérebro não tinha mais cura. Foi apenas nesse momento que o autodenominado workaholic descobriu a fragilidade do próprio corpo.
Os detalhes anotados por Lakotta personalizam cada uma das situações, sem cair no piegas. "Os colegas da agência vinham sempre visitá-lo em dupla. Eles tinham medo de ficar sozinhos com Heiner. O que falar com alguém condenado à morte?", conta. Ela também revela que Heiner até era capaz de ser sarcástico. "Eles me desejavam melhoras e diziam – 'Ei Heiner, não se preocupe, pois você logo vai estar de pé'. Ninguém me perguntava como me sentia. O fato é que eu penso todos os segundos na morte. Eu vou morrer!"
Heiner Schmitz
Silke Boehmfeld recusava-se a aceitar seu destino. Essa alemã tinha apenas 30 anos quando o câncer nos seios foi diagnosticado. Logo depois, os médicos descobriam em Jannick, seu filho de seis anos, um raro tumor.
Às vezes, ela perguntava por que Deus cometia uma injustiça tão grande de querer levar, de uma só vez, dois membros da mesma família. Em outros dias, ela juntava forças para cumprir sua promessa: morrer só depois do filho. A luta dos dois foi inglória, mas ela ainda conseguiu sobreviver quatro meses ao falecimento de Jannik.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Algumas pessoas que morreram logo apos fazer um selfier

ESSE POST SERIA CÔMICO SE NÃO FOSSE TRAGICO (OU SERIA AO CONTRARIO?)

 Xenia Ignatyeva, uma jovem russa de 17 anos foi fazer uma selfie pendurada em uma ponte para impressionar os amigos , quando acabou encostando em um cabo de energia eletrica , e acabou morrendo eletrecutada .( Russia...)

 O mexicano Oscar Otero Aguilar, de 21 anos teve sua morte digna de premio Darwin : Depois de passar um tempo bebendo com amigos resolver ir até uma loja de armas e fazer uma selfie fodona : Com uma arma na cabeça . mas como vodka ,tequila e cerveja não combinam , ao invez de apertar o botão da maquina ele apertou o gatilho ( não o culpem , é mais ou menos igual quando a gente descasca uma bala e joga ela fora e coloca o papel na boca , quem nunca?)


sábado, 16 de agosto de 2014

100 Mil

PÔ , HOJE O BLOG FEZ 1OO MIL VIEWS!!!



PUTZ LEGAL PRA CARVALHO NÉ NÃO ?!?!?!?!?



ESSA É MINHA EMPOLGAÇÃO !!!



Só pra constar: criei esse blog no final do mes de janeiro , meio que um projeto paralelo ; depois ficou parado por 3 meses entre final de abril e final de julho e daqui duas semanas voltara a ficar parado por tempo indeterminado .

CONVENHAMOS : 100 ATÉ QUE NÃO É NADA MAL ....

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Cidade fantasma nos arredores de Anadyr


Dias atras fiz um post de uma base militar abandonada no extremo oriente da Russia (RELEMBRE AQUI).
Hoje trago até vcs mais um lugar abandonado daquela região  .Uma pequena cidade que ficava proximo a uma mina de carvão .

Ela fica no estado de Chukotka, proximo a cidade de  Anadyr e tambem da base militar de Gudym .
Como ja disse no outro post , a URSS tentou um povoamento daquela região para esconder bases militares por ser proximo ao Estados Unidos , investiram pesado e com o fim da URSS meio que desistiram do programa e retiraram todos os recursos subsidiados pelo governo uma especie de bolsa familia kkk obrigando o povo a deixar aquela região , pois o clima la digamos que não é propicio a vida humana rsrs, chegando a -60C no inverno .


Para se chegar até essa região não existem estradas , apenas de navio ou avião se chega até la  

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Algumas imagens antigas coloridas por computador


Garoto com seu brinquedo em Londres, 1945


Um trabalho muito bem feito que resultou nessas lindas imagens postadas a seguir , chegam a ser "obra de arte" : 

A queda do  Hindenburg em 1937


quarta-feira, 13 de agosto de 2014

14 coisas que você nunca deveria jogar no lixo

Post copiado descaradamente do site O Buteco da Net

Antes de jogar fora algumas coisas que você tem em casa, é bom saber que nem tudo pode ir para o lixo. Existem vários itens que precisam ser descartados pelo nosso bem. Confira 14 deles.



 As baterias estão cheias de produtos químicos que podem se infiltrar no sistema de abastecimento de água e causar sérios riscos à saude, se acabarem num aterro sanitário. Pegue qualquer e todas as baterias e guarde-as, é comum encontrar caixas coletoras em supermercados. 


terça-feira, 12 de agosto de 2014

Uma viagem ao Irã

Trabalho fotografico do fotografo neozelândes Amos Chapple , que entre 2011 e 2913 fez 3 viagens ao Irã , mostrando seus contrastes entre o governo anti-ocidental e seu povo cada vez mais aberto ao mundo ocidental

 Vilarejo de Palangan , nas montanhas perto da fronteira com o Iraque. Palangan, igual a muitos dos assentamentos rurais do país, tem bastante  beneficios do governo. Muitos moradores estão empregados em uma fazenda de peixes nas proximidades



 Um pastor conduz seu rebanho para o pasto nas montanhas perto da fronteira Irã-Iraque

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Raras imagens de soldados da segunda guerra mundial em momentos de folga

Todo mundo ja sabe do inferno que foi a Segunda guerra mundial ( como todas as outras ) , isso a humanidade nunca vai esquecer , e nem deve mesmo para que nunca volte a se repetir .

Contudo , aqueles pobres diabos que lutaram nela , mesmo depois de lavagens cerebral (principalmente os nazistas) eram pessoas normais , com seus sonhos, frustrações ,desejos ...A maioria (ou todos) não queria estar ali .

E em momentos de folga , entre uma batalha e outra , procuravam se desligar daquilo tudo que passavam e procuravam pensar em outra coisa . Segue agora um compilado de imagens raras de soldados em momentos mais relaxados , extraído do site KLYKER.



sábado, 9 de agosto de 2014

Imagens de cirurgia de cancer em meados de 1800





Quando se fala no cancer achamos que é uma doença recente não é mesmo?

Mas no Egito antigo (3000 a.C.) registraram doenças que, dadas suas características, provavelmente podiam ser classificadas como câncer. Hipócrates (377 a.C.) também descreveu enfermidades que se assemelhavam aos cânceres de estômago, reto, mama, útero, pele e outros órgãos. Portanto, a presença do câncer na humanidade já é conhecida há milênios. No entanto, registros que designam a causa das mortes como câncer passaram a existir na Europa apenas a partir do século XVIII. Desde então, observou-se o aumento constante nas taxas de mortalidade por câncer, que parecem acentuar-se após o século XIX, com a chegada da industrialização.



sexta-feira, 8 de agosto de 2014

O dia em que a musica morreu

 Dia desse o amigo Nando do excelente blog irmão Noite Sinistra fez uma interessante postagem sobre pessoas famosas que morreram em acidentes aereos (CLIQUE AQUI e confira seu post)



E dentre eles chamou a atenção, o de Ritchie Valens, famoso cantor de musicas como La Bamba e Donna , e me lembrei então que tinha um material sobre o assunto e estarei compartilhando com vcs agora :




quinta-feira, 7 de agosto de 2014

A República de Lakota dentro dos Estados Unidos

POSTADO ORIGINALMENTE POR ONE ,MAIS CONHECIDO COMO RUSMEA NO BLOG O MUNDO REAL



Resumindo o texto, se trata de uma Etnia que quer fundar a sua própria pátria e tê-la reconhecida dentro dos Estados Unidos da América, do contrário irão embargar imóveis dentro do seu território...

A República de Lakota ou República de Lakotah é uma entidade não reconhecida autoproclamada dentro das fronteiras dos Estados Unidos que reclama parte dos estados de Dakota do Norte, Dakota do Sul, Nebraska, Wyoming e Montana.
Um grupo de ameríndios norte-americanos, denominados Delegação de Liberdade Lakota, argumenta que a afirmação recente de independência não é uma seseção dos Estados Unidos, mas sim, uma reiteração de soberania.


quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Manipulação de fotos historicas

Hoje em dia , qualquer moleque com um computadorzinho mequetrefe e alguns programas craqueados de edição de imagens consegue manipular qualquer imagem seja para o bem ou para o mal , mas as fotomontagens são tão antigas quanto as próprias fotografias



 Parte deste post eu havia postado ha alguns anos luz no blog O Mundo Real . Quanto eu criei o blog eu tinha salvo em meu pc a imagem acima, bem chocante de dois soldados que supostamente dava a entender que havia saqueado uma propriedade e matado sua dona ( relembre aqui )

E sempre me perguntavam sobre a origem desta imagem e eu meio que enrolava falando que achava que era da segunda guerra e tal .

Até que um dia me deparo com um post de fotomontagens de imagens da segunda guerra . E descobrir que elas eram para incitarem o povo contra seus inimigos , pois quem era contra a guerra e via tal imagens , logo começava a apoiar a guerra e odiar seus adversarios . Traduzindo : desde o seculo passado o povo era manipulado tal qual a globo faz nos dias de hoje .

E hoje , pesquisando um pouco mais a fundo para passar esse post aqui para o Coisas do Mundão , descobri um pouco mais sobre o assunto , pois se usam fotomontagens desde o inicio das fotografias , seja para dar um ar mais heroico ha um ditador ou seja para remover inimigos que outrora era aliado e assim não " queimar seu filme" , confiram :

 O icônico retrato de 1860, em litografia, do presidente americano Abraham Lincoln, acima à esquerda, é uma combinação de sua cabeça com o corpo de John Calhoun, 7º vice-presidente dos Estados Unidos


terça-feira, 5 de agosto de 2014

James Nachtwey E Seu Trabalho




Norte-americano nascido em Syracuse e criado em Massachusetts, formou-se na Dartmouth College, onde estudou História da Arte e Ciências Políticas (1966-70). Trabalhou a bordo de navios da Marinha Mercante e, enquanto aprendia a fotografar sozinho exerceu as funções de estagiário de edição de filmes documentários e motorista de caminhão.


segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A cidade fantasma de Fukushima



Pouco mais de 3 anos após o terremoto de quase 9 graus que atingiu várias cidades na Ilha de Honshu, no Japão - provocou um tsunami e colapsou a usina nuclear de Fukushima - causando a evacuação da população de cidades como Fukushima, Ishinomaki, Onagawa, Soma, Rikuzentakata, Otsuchi e Kesennuma, o cenário é desolador.


Fukushima é uma cidade que parou no tempo, pois foi deixada intocada após a evacuação. O Google Street View esteve lá e nos revelou a real situação local: ruas rachadas, casas abandonadas e destruídas, muito entulho acumulado pelas ruas, carros deixados pra trás, aliás, tudo foi deixado pra trás. Com medo da contaminação radioativa, os habitantes não pensaram duas vezes antes de escapar da possível tragédia.
Fukushima é um exemplo de abandono por contaminação radioativa e, como a região de Chernobyl (veja aqui e aqui, pode ficar pra sempre deserta. A natureza com certeza tomará tudo de volta...

Andar por Fukushima, além de perigoso, é emocionante. Causa medo e estranheza.
E com vocês, meus amigos, Fukushima, a cidade fantasma mais recente de nossa época.


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Restos mortais de santos e mártires cobertos de jóias

POST COPIADO DESCARADAMENTE E INTEGRALMENTE DO GRANDE BLOG NOITE SINISTRA DO GRANDE AMIGO NANDO






Vestida com pedras preciosas, ouro e pérolas, escondido dos olhos dos fiéis no porão dos mosteiros e igrejas. Os restos notáveis ​​de santos e mártires da Igreja foram fotografados pelo cientista e historiador americano Paul Koudounaris, que durante anos investigou o culto e arte associada aos santos.


Fotos de esqueletos cobertos de jóias, foram registradas pelo historiador Paul Koudounaris na Alemanha, Áustria e Suíça. No século XVI e XVII, a mando do Vaticano, esses restos mortais foram escavados e retirados das catacumbas romanas e transferidos para seus territórios. Eles substituíram as relíquias destruídas durante a Reforma.